Buscar
  • Psicóloga Karyn Wanessa K Ribeiro

O QUE A PANDEMIA TEM A VER COM A SUA CARREIRA?


Há mais de um ano o mundo inteiro está imerso em um tema recorrente, Coronavírus. As pessoas não aguentam mais ouvir falar de pandemia, prevenção, cuidados, medicamentos que ora são eficazes, ora não são, vacinas, aglomeração, falta de oxigênio e respiradores, depressão, isolamento social e tudo o mais que você já sabe! Estamos fartos de tantas notícias envolvendo a tal da pandemia.


Quando se pensou que estaríamos perto de uma solução, com a liberação das vacinas, algumas pessoas relaxaram, passaram a acreditar que estaria tudo resolvido e que poderiam retomar a sua rotina, como se a tal pandemia tivesse acabado. Estavam enganadas! Resultado disso? UTIs lotadas, filas de espera por uma vaga num leito hospitalar, aumento do número de crianças e jovens infectados e do número de mortes. Mas, afinal, o que isso tem a ver com a sua carreira profissional?


Serei mais clara. A notícia da liberação da vacina levou algumas pessoas a entrarem em uma zona de conforto, por acreditarem que ela seria uma solução imediata, permitindo a retomada da “vida normal”. No mundo corporativo, quantas vezes nos acomodamos em uma “zona de conforto” que não existia? Quantas vezes você relaxou por acreditar que um problema estava solucionado e simplesmente deixou de pensar nele?


E quanto a sua carreira? Você está relaxado, na zona de conforto? Você se manteve empregado durante a pandemia e por isso se sente seguro? O que você tem feito diante de tantas mudanças no mercado do trabalho? Você tem acompanhado as novas tendências, tem buscado desenvolver as competências que as empresas passaram a exigir dos profissionais da sua área profissional? Sabe quais são as profissões mais valorizadas e as que tendem a se tornar obsoletas?


Precisamos sair da zona de conforto e olhar para o cenário que está sendo construído. Você precisa estar pronto para os desafios e para as oportunidades que irão surgir.


Mas vamos além disso. Como anda a sua saúde emocional após tanto tempo em isolamento? Como você tem se sentido? Você tem suportado todas as adversidades e incertezas vividas em função da pandemia?


Você já deve ter ouvido várias vezes, que as empresas contratam pelas competências técnicas e demitem pelas comportamentais. E a saúde mental está diretamente ligada aos seus comportamentos, pois eles são a manifestação daquilo que você está sentindo. Por isso, você precisa estar atento aos sinais que o seu corpo manifesta. Veja aqui alguns sintomas de que algo não está bem:


• Distúrbios do sono (ausência ou excesso)

• Alterações no apetite (para mais ou para menos)

• Dores de cabeça e musculares

• Taquicardia e dores no peito

• Problemas digestivos

• Queda da imunidade

• Agitação, excesso de irritação e falta de paciência

• Dificuldades de concentração e memória

• Tristeza e desânimo sem motivo aparente

• Pessimismo e sensação de incapacidade


Cuidar da mente deve ser prioridade, pois é ela que nos permite agir com inteligência e equilíbrio emocional, na vida pessoal ou profissional.


A seguir, estão listadas algumas dicas, que são simples, mas muito valiosas para a sua saúde física e mental. Procure colocá-las em prática e sinta o bem estar que elas poderão proporcionar.


· Pratique exercícios físicos regularmente e hidrate-se.

· Tenha uma boa noite de sono e prepare-se para isso.

· Consuma alimentos de verdade, saudáveis. Evite frituras e alimentos ultra processados.

· Tenha momentos de lazer. Faça o que te dá prazer.

· Planeje o seu dia, de modo que tenha tempo para cuidar de si mesmo.

· Não queira ser quem você não é. Aprenda a gostar de você.

· Defina metas pessoais e as planeje. As metas nos fazem manter o foco e proporcionam motivação a cada pequena conquista.

· Mantenha contato com as pessoas que gosta.

· Adquira novas habilidades, faça novas descobertas.

· Busque o equilíbrio entre suas responsabilidades e lazer.

· Não queira satisfazer todas as expectativas que os outros tem sobre você.

· Mantenha contato com a natureza.


Para alcançar (e principalmente manter) o sucesso na carreira, você não precisa estar apenas atento aos acontecimentos que envolvem o mercado de trabalho. Não basta estar preparado tecnicamente se emocionalmente você não está bem. Cuidar da saúde mental é tão ou até mais importante do que estar qualificado tecnicamente. Quando não estiver se sentindo bem, procure ajuda! Cuide da sua saúde.


Psicóloga Karyn Wanessa Katzwinkel Ribeiro

Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho

CRP 08/09380

(41) 98703-9887

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo